Lucas pede que a classe política preste mais atenção às necessidades do povo

por Viviane Cavalcante — publicado 21/02/2019 15h45, última modificação 21/02/2019 15h56
Lucas pede que a classe política preste mais atenção às necessidades do povo

Foto: Gilton Rosas

O discurso do vereador Lucas Aribé (PSB) na sessão desta quinta-feira, 21, tratou sobre a negligência do Poder Público quanto a notificações de irregularidades nos espaços urbanos. Lucas citou os casos do rompimento da barragem em Brumadinho, no estado de Minas Gerais onde há indícios que os laudos que emitiam a segurança da barragem não eram verdadeiros e o caso do incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro. “No caso do Flamengo, tinham mais de 30 atuações apontando erros na instalação. E fizeram o que? Nada. E os meninos morreram. Agora é que vão tomar providências”, lamentou.

De acordo com Lucas, aqui em Sergipe existem obras que estão sendo feitas em zonas proibidas e de risco. “Não quero que o pior aconteça, mas por causa de negligência pode acontecer. Estou aqui para alertar. Em breve trarei para aqui um caso preocupante em Aracaju de obra irregular”, disse.

Seguindo para a questão de licitações públicas, o parlamentar atentou para alguns casos que favorecem alguns grupos políticos. “Os conhecidos loteamentos de cargos para privilegiar partidos que apoiaram na época de campanha política. E o povo fica como? Esperando que anúncios que são feitos venham a prática. E quando percebem que não saem do papel, nos cobram. É dessa forma que lidam com o dinheiro público”, relatou.

Por fim, o vereador afirmou que o Brasil precisa de mudança na classe política e aproveitou para fazer um apelo aos colegas vereadores. “Que nós, políticos, possamos focar as atenções as necessidades do nosso povo”, ressaltou. Lucas disse ainda que tem-se que parar de perder tempo discutindo sobre grupos partidários e unir forças para sanar os problemas que a população está enfrentando. De acordo com o parlamentar, as pessoas estão cansadas de discursos de palanque político e desejou que as obras aconteçam, que a cidade evolua e que o estado possa caminhar bem.