“Os gestores não gostam de ser questionados e eu irei questionar”, garante Ricardo Marques

por Wandycler Junior, Assessoria de Imprensa do parlamentar — publicado 19/01/2021 11h37, última modificação 19/01/2021 11h37
“Os gestores não gostam de ser questionados e eu irei questionar”, garante Ricardo Marques

Foto: Assessoria do parlamentar

Determinado a fiscalizar as obras e serviços públicos, o vereador por Aracaju, Ricardo Marques (Cidadania), afirmou, durante entrevista em uma emissora de rádio na manhã desta terça-feira, 19, que estará presente nas ruas da capital e atuará fortemente na fiscalização, sua principal bandeira.

Este é o primeiro mandato político de Ricardo que promete fazer diferente. “O trabalho do vereador não é só protocolar requerimento, é mostrar para a população o que estamos fazendo, e que se não acontecer o problema é da prefeitura. Por isso não quero propor simplesmente. Quero que a cidade avance”, destacou.

Para o vereador “os gestores não gostam de ser questionados, mas nosso papel como vereador é questionar e eu irei questionar. O que falta na gestão de Aracaju hoje é capricho na realização das obras, falta pensar no futuro”, disse o parlamentar durante entrevista em uma emissora de rádio na manhã desta terça-feira (19).

Ricardo revelou ainda que existem bons projetos para a cidade, mas que estão esquecidos. “Acredito que a cidade de Aracaju tem muitos projetos bons e que não são colocados em prática, isso me deixa com uma certa inquietude”.

Sobre o posicionamento político que adotará na Câmara de Vereadores, Ricardo Marques disse que fará oposição ao prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). “Sou oposição. Estamos formando um bloco de oposição que está bem unido e acirrado. Tenho conversado com minhas colegas de parlamento que farão oposição, a exemplo de Emília Corrêa (Patriota), Sheyla Galba (Cidadania), Linda Brasil (PSOL) e da Professora Ângela (PT)”.