Preservação da Reserva das Mangabeiras do Santa Maria foi tema da Tribuna Livre desta terça-feira, 7

por Agência Câmara Aracaju — publicado 07/06/2022 12h10, última modificação 07/06/2022 12h17
Preservação da Reserva das Mangabeiras do Santa Maria foi tema da Tribuna Livre desta terça-feira, 7

Foto: Agência Câmara.

Na Tribuna Livre da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) da Sessão Ordinária desta terça-feira ,7, o tema abordado foi sobre a preservação da reserva das mangabeiras do Santa Maria, defendido pelo extrativista e presidente da Associação de Catadoras e Catadores de Mangaba, Pe. Luiz Lemper, Uilson de Sá.

O representante da Reserva iniciou o seu discurso pedindo o apoio dos parlamentares. “Estamos em uma situação delicada e venho aqui pedir o apoio de todos vocês que nos visitem e conheçam a situação das nossas famílias, visto que por parte do prefeito ele vem agindo conosco de forma torturante”, disse.

Uilson de Sá ainda lamentou a falta de diálogo por parte do Poder Executivo em não querer saber as necessidades do povo da Mangabeira. “Edvaldo tem um projeto habitacional, mas nós também temos. O nosso povo reside e trabalha ali há cerca de 60 anos, e diante da retirada dessas famílias da reserva, foram arrancadas mais de 60 pés de mangabeiras, 25 pés de cajueiros e 25 pés de adicuris, e cada vez mais o prefeito vai se adentrando”, pontuou.

Aparte

A vereadora Linda Brasil (Psol) relatou que as trabalhadoras que vivem da mangaba estão indignadas com esse processo. “A gestão está invadindo áreas onde já têm decisão do Ministério Público Federal que não pode devido aos impactos ambientais naquela área. O que a gente percebe com isso tudo é a falta de sensibilidade de dialogar com os extrativistas e pesquisadores da área”, argumentou a parlamentar.