Live Parlamento Digital recebe Palhaço Soneca

por Agência Câmara Aracaju — publicado 01/12/2021 11h30, última modificação 01/12/2021 13h39
Live Parlamento Digital recebe Palhaço Soneca

Arte: Vanessa Passos

Na Live Parlamento Digital desta terça-feira, 30, o vereador Palhaço Soneca (PSD) falou sobre a arte de rua e a chegada ao parlamento. O bate-papo aconteceu nos canais oficiais do instagram da Câmara Municipal de Aracaju (@cmaracaju e @tvcamararacaju5.3), conduzido pelas jornalistas Leilane Coelho e Martha Mendonça com o objetivo de aproximar os parlamentares da população.

Durante o bate-papo, o vereador, que está em seu segundo mandato, falou sobre as ações sociais em comunidades carentes de Aracaju, como oferta de aulas gratuitas de ‘ballet’, jiu-jitsu e treinamento funcional em parceria com amigos da região da zona norte da capital.

Tomado pela emoção, Soneca relatou sobre a criação dele e dos irmãos, “A coisa mais difícil da vida é não ter onde morar e passar fome. Minha mãe, eu e meus irmãos moramos em um barraco, até que chegou a visita da senadora Maria do Carmo e chamou uma assistente social para nos dar a nossa primeira casa, a partir daí começamos a tocar a vida com luta e fé em Deus”, disse.

De engraxate do Centro a vereador, Soneca explicou um recorte da sua trajetória até ingressar na política. “Comecei a ir às madrugadas para as feiras do Bugio para ajudar a descarregar caixotes de caminhão, depois engraxate de sapato no centro, até para a Praça da Imprensa olhar carros. Mas foi a partir de uma apresentação na escola de palhaço que eu passei a observar a arte como carreira profissional e hoje ocupo uma cadeira na Câmara justamente por isto”, relatou.

Diante de uma realidade de crianças com falta de acesso aos circos e oportunidades, Palhaço destacou a criação do projeto Criança Feliz na luta para esta causa. “Em nosso primeiro dia tinha somente uma cama-elástica e uma máquina de algodão-doce. Eu esperava cerca de 30 crianças, mas foram mais de 200, após isto fui até contratado para levar alegria em festas de aniversário e o Projeto cresceu mais e mais”, falou o vereador.

Sobre a situação dos artistas que utilizam fogo em sua arte nas ruas, Soneca enfatizou a importância dessa ação para essas pessoas. “Ninguém tá na rua fazendo arte por que quer, infelizmente esses artistas não têm um lugar para se apresentarem com um salário fixo. Eu persisti para que o Projeto de Lei da proibição do uso de fogo fosse retirado pois é por meio desta arte que eles conseguem o pão de cada dia”, finalizou Palhaço Soneca.