Linda Brasil leva demandas sindicais ao plenário

por Laila Oliveira, Assessoria de Imprensa da parlamentar — publicado 12/11/2021 10h13, última modificação 12/11/2021 10h13
Linda Brasil leva demandas sindicais ao plenário

Foto: Assessoria da parlamentar

Na manhã desta quinta-feira, 11, a vereadora Linda Brasil (PSOL), foi ao plenário colocar as demandas trazidas em reunião pelo SINDINUTRISE (Sindicato de Nutricionistas e Técnicos em Nutrição e Dietética do Estado de Sergipe), apresentadas pelas coordenadoras Mychelyne Ferreira Guerreiro e Graziella Andrade de Lima Souza que apresentaram algumas preocupações e reivindicações, como o fato do Brasil e Sergipe terem voltado ao mapa da fome no mundo, desde 2018.

“É urgente a necessidade de todos os gestores em fortalecer políticas públicas que contemplem a alimentação e nutrição, e lutem pelo fim da insegurança alimentar. Além disso, é muito importante que esses temas constem nas Diretrizes Orçamentárias e no plano plurianual(PPA) dos municípios, como garantia do compromisso do combate à insegurança alimentar. Vale lembrar que a maioria da Casa Legislativa rejeitou uma emenda de nossa mandata, que previa a discussão da segurança alimentar na LDO”, relatou a parlamentar.

Entre as demandas apresentadas pelo sindicato ainda está a ampliação do quantitativo de profissionais de nutrição na rede municipal e a necessidade de nutricionistas no CEMAR, já que atualmente, segundo o SINDINUTRISE, não há profissionais atendendo a reabilitação no CR2 do CEMAR.

“Além disso, na Secretaria de Educação de Aracaju também não há uma regulamentação para absorver esses profissionais de acordo com o Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além do que, segundo estudos do sindicato, na rede municipal de educação deveriam estar atuando 27 nutricionistas, porém só existem 6 profissionais, dos quais 5 estão cedidos da saúde e uma pessoa é cargo comissionado. Precisamos lutar para garantir a valorização salarial e melhores condições de trabalho para essa categoria, que já tentou diálogo com a Prefeitura por meio de ofício e não obteve resposta”, informou.

Moção de apelo solicita divulgação do relatório final da comissão da verdade em livro

Ainda na ocasião, foi lida a Moção de apelo que solicita ao Governador Belivaldo Chagas, que divulgue os resultados do relatório final da Comissão da Verdade “Paulo Barbosa de Araújo” para que seja impresso em formato de livros e distribuído. A Comissão foi instituída através do Decreto de nº 30.030/2015, do Estado de Sergipe, com intuito de resgatar as histórias e a memória sobre as graves violações de direitos humanos ocorridas em Sergipe (ou envolvendo sergipanos), no período entre 1946 e 1988 , cujo conteúdo é de grande relevância para a valorização e defesa de nossa democracia.