Hospital São José: Sargento Byron lamenta suspensão dos serviços de saúde auditiva

por Pábulo Henrique, Assessoria de Imprensa do parlamentar — publicado 10/09/2021 11h14, última modificação 10/09/2021 11h14
Hospital São José: Sargento Byron lamenta suspensão dos serviços de saúde auditiva

Foto: Assessoria de Imprensa

Com o anúncio da suspensão dos serviços de saúde auditiva no Hospital São José devido à falta de repasse dos governos federal, estadual e municipal, o vereador de Aracaju, Sargento Byron (Republicanos), através das redes sociais, nessa quinta-feira, 09, lamentou o fato, afirmando que é "inadmissível a suspensão de um serviço básico destinado à população que mais precisa”. O parlamentar cobrou a regularização dos repasses e o retorno do atendimento, que é destinado, principalmente, às pessoas com deficiência auditiva.

O vereador pontuou que esse serviço é destinado principalmente às pessoas com deficiência auditiva que vivem em situação de vulnerabilidade social e dependem do serviço público para que tenham uma atenção básica em saúde. “A saúde é um direito básico garantido pela Constituição Brasileira que não pode, em hipótese alguma, ser colocada em segundo plano. Esse é um serviço que tem como principal público as pessoas com deficiência auditiva em situação de vulnerabilidade social. Ou seja: quem mais precisa ficará sem a prestação do serviços. É lamentável. A secretaria da saúde já reconheceu a falta de repasse e se comprometeu em iniciar os pagamentos o mais rápido possível.. Agora, espero que o Ministério e o Governo de Sergipe tenham a mesma atitude”, cobrou.

Byron afirmou que vai acompanhar a situação de perto. “Coloco-me à disposição das pessoas que ficarão sem o atendimento, reafirmando o meu compromisso em fiscalizar e cobrar até que os serviços sejam retomados”, garantiu.