Emília: Aracaju poderia ser cidade modelo, mas tem sido exemplo a não ser seguido

por Andrea Lima, Assessoria de Imprensa do parlamentar — publicado 27/05/2022 08h57, última modificação 27/05/2022 08h57
Emília: Aracaju poderia ser cidade modelo, mas tem sido exemplo a não ser seguido

Foto: Agência Câmara

A morte de mais um ciclista ao colidir com um ônibus nas imediações do Bairro Orlando Dantas, sendo a nona somente neste primeiro semestre, serviu como exemplo para uma pauta há anos abordada pela vereadora Emília Corrêa (Patriota) no legislativo municipal: precariedade das ciclovias em Aracaju.
“Mais uma morte. Mais um número que irá compor o índice trágico. Será que o nosso gestor não se sensibiliza com esses fatos a ponto de investir nas ciclovias e evitar que mais vidas sejam ceifadas?, questionou a parlamentar.

Segundo a vereadora, o alto número de acidentes com vítimas fatais, falta de segurança e descaso da administração pública nesse sentido, contribuem para não estimular as pessoas utilizarem esse meio de transporte. “Isso nos motiva a não usar a bicicleta. Há anos eu venho batendo na mesma tecla. Trazendo dados, exemplos, inclusive, também tive um amigo que foi vítima o ano passado, e me entristece profundamente saber que nada mudou. Fica a sugestão mais uma vez: ao invés de investir em mídias e propagandas de encher os olhos, prefeito, reverta para a melhoria das ciclovias. Isso terá mais serventia para a população”, argumentou.