Apoiadores de Sonia Meire se reúnem em encontro com a vereadora

por Manuella Miranda-Assessoria de Imprensa do Parlamentar — publicado 11/06/2024 10h45, última modificação 11/06/2024 10h50
Apoiadores de Sonia Meire se reúnem em encontro com a vereadora

Foto: Luciana Santos

Com o objetivo de prestar contas da sua atuação na Câmara Municipal de Aracaju e discutir a conjuntura política da capital, pensando em estratégias para uma unidade da esquerda nas eleições, a vereadora Sonia Meire (Psol) reuniu diversos apoiadores. O ‘Encontro com Sonia’ aconteceu na noite da última quinta-feira, dia 06, na região central da cidade, e contou com a presença de movimentos sociais, artistas do Hip Hop, servidores públicos, professores, profissionais da saúde, juventude do Afronte, a Deputada Estadual Linda Brasil, entre outras tantas pessoas queridas.

 
“Eu agradeço imensamente a todas as pessoas que participaram desse encontro depois de um dia de trabalho, que saíram das suas casas para estarem conosco, fiquei muito feliz com a participação e a fala de todas, todos e todes. São pessoas que fazem parte da nossa caminhada, estão presentes em nossa vida, nos acompanham e constroem, cada um com sua pauta, a luta diária na defesa dos direitos. Esse encontro é importante para que possamos conhecer mais de perto quem é que vem construindo as lutas e buscar, com unidade da esquerda, a construção de um projeto de cidade para a maioria”, destacou Sonia.
 
O encontro também lançou oficialmente Sonia Meire como pré-candidata à reeleição para vereadora em Aracaju. A escolha por mais uma vez se candidatar se deu através do chamado coletivo de mulheres e homens da classe trabalhadora, com o objetivo de dar continuidade a uma mandata de lutas, priorizando o enfrentamento da extrema direita fascista, em defesa dos direitos da população, em defesa da vida e do meio ambiente, das crianças e adolescentes e contra toda forma de opressão. A vereadora assumiu a vaga na Câmara apenas em 2022, após a ex- vereadora Linda Brasil se tornar Deputada, mas foi a oitava melhor votada, com 3.342 votos, nas eleições de 2020.
“Nosso trabalho nessa legislatura vai até dezembro e até lá eu vou estar com essas pessoas, e peço que elas não soltem a minha mão. Nós temos ainda muito o que construir, e muito o que lutar. Continuaremos reprovando projetos que sejam contra nós trabalhadoras e trabalhadores, e fazendo oposição à gestão de Edvaldo. Estamos dedicando nossa vida pelo transporte público, pela moradia digna, ampliação de leitos pediátricos, mais vagas nas creches e escolas públicas, mais cultura, por concursos públicos e valorização de servidoras e servidores públicos. Quero agradecer às comunidades de matriz africana, às mangabeiras, a todos os grupos que constroem a cultura do Hip Hop, pessoas com quem eu tenho aprendido tanto”, disse a vereadora.
 
A vereadora Sonia Meire destacou diversas pautas que são essenciais e devem ser discutidas na Casa legislativa, como a população LGBTQIAP+, pessoas com deficiências, as mulheres, as comunidades tradicionais, a questão da moradia, além da educação, da saúde e todos os direitos básicos.
 
“Continuaremos na luta contra as privatizações, sejam elas em que setor for, principalmente na defesa da DESO, porque a água é um direito humano fundamental. Também continuaremos lutando por um transporte 100% público e de qualidade, com tarifa zero. Não votamos pelo subsídio e continuaremos não votando por concessões a empresas privadas. Além disso, vamos seguir no debate do meio ambiente, para que tragédias como a do Sul não aconteçam aqui. O que nós queremos é que não se derrube mais nenhuma árvore, nem se aterrem lagoas, um plano diretor participativo e que as construções não sejam feitas de qualquer jeito”, concluiu a vereadora Sonia Meire.
 
O projeto da vereadora não é um projeto pessoal nem individual, e sim um projeto de vida, que só continuará avançando se for feito do jeito que tem sido, com as pessoas unidas e trabalhando juntas. A vereadora também defende a unidade da esquerda para a Prefeitura de Aracaju no combate à política privatista da nossa cidade.