"O recesso parlamentar faz parte de um cronograma, mas as atividades internas permanecem, pois as necessidades da nossa população não se encerram", reforça Byron

por Jacqueline Reis- Assessoria de Imprensa do Parlamentar — publicado 18/07/2023 08h19, última modificação 18/07/2023 08h19
"O recesso parlamentar faz parte de um cronograma, mas as atividades internas permanecem, pois as necessidades da nossa população não se encerram", reforça Byron

Foto: Assessoria de Imprensa

Com o encerramento do primeiro semestre de 2023 da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o vereador Sargento Byron (Republicanos) afirma a importância da aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), destacando pontos de atuação desses meses, bem como a expectativa para as demandas que chegaram neste período de recesso da Casa, mas com agenda e gabinete em atividades.

"O ano de 2023 tem sido muito produtivo e ativo para nós, legisladores. A LDO encerra o semestre de maneira positiva, pois o texto da LDO foi discutido e aprovado em todos os trâmites regimentais, sendo encaminhado para a sanção do prefeito Edvaldo Nogueira. Temos uma estimativa de receitas de pouco mais de R$ 3 bilhões para o ano de 2024. São números que representam nossa atuação em prol do povo aracajuano", declarou o ´parlamentar.

Dentro das ações executadas pelo Poder Legislativo, Byron destaca o exercício das Emendas Impositivas, uma grande novidade na atual gestão da Câmara . "Nosso grande intuito é aperfeiçoar as propostas elaboradas pelo Poder Executivo, visando alocar da melhor maneira os recursos públicos diante das realidades que acompanhamos nas comunidades da nossa cidade, assim como junto a instituições e a obras já em andamento. Costumo citar , como exemplo, minhas falas sobre a Atalaia; eu moro na região, conheço em detalhes as necessidades da localidade e isso me dá condições suficientes para sugerir melhorias que podem não estar pontuadas no plano de execução de trabalho do prefeito. ", explicou Sargento Byron.

No espoco de trabalho, o parlamentar também ressalta a luta pelas causas da Pessoa com Deficiência, assim como os aspectos que envolvem a segurança pública , o planejamento e revitalização urbana, assim como demais demandas que chegam ao seu gabinete. " O recesso parlamentar faz parte de um cronograma, mas as atividades internas permanecem, pois as necessidades da nossa população não se encerram. Por isso, a importância de nos colocarmos sempre à disposição dentro e fora da Casa Legislativa", pontuou.