“O povo de Aracaju já sente as melhorias trazidas pelo Governo Lula”, afirma o vereador Camilo Daniel (PT)

por Thiago Paulino, Assessoria de Imprensa do Parlamentar — publicado 07/12/2023 14h21, última modificação 07/12/2023 14h21
“O povo de Aracaju já sente as melhorias trazidas pelo Governo Lula”, afirma o vereador Camilo Daniel (PT)

Foto: Gilton Rosas

O Brasil – no Governo Lula - retoma um protagonismo internacional junto às questões ambientais e volta a ter relevância em grupos como o G20. “Mas quem mais fica feliz é o povo brasileiro. E digo isso porque o consumo nos lares cresceu 3%. É no governo do presidente Lula que a cesta básica já caiu 6,4% nesse ano. Isso se reflete principalmente no preço da carne”, afirmou Camilo Daniel (PT) em um balanço dos pontos positivos do primeiro ano do governo Lula nesta quarta (06) na Câmara Municipal de Aracaju.

Aspectos positivos da esfera federal que refletem diretamente na população de Aracaju. “Enquanto na semana passada Edvaldo aumentou a passagem de ônibus em mais de 10%, enquanto a inflação é 6%, o governo Lula reduz o valor da cesta básica. Muita gente volta a ter como fazer um churrasquinho.” O vereador ainda trouxe a informação da valorização real do salário mínimo em 15% dando poder de compra para diversos trabalhadores.

Os beneficiários do Bolsa Família e do BPC tiveram as parcelas do Minha Casa Minha Vida totalmente quitadas, cerca de 642 mil famílias deixarão de pagar o restante do financiamento.“O salário vai render, já que o valor destinado ao pagamento da parcela poderá ser destinado a outras prioridades do orçamento doméstico”, afirmou o vereador Camilo Daniel.


Valorização da educação e retomada de obras

“O Presidente Lula criou um fundo de mais de 20 milhões para pagar bolsa de estudantes pobres do ensino médio. Não existe valorização maior da educação do que valorizar o professor e eu estou falando do presidente que reajustou e criou o piso nacional do magistério”, disse o vereador Camilo ao informar também das ordens de serviços do Governo Federal para retornar obras importantes como a reforma do Instituto federal de Sergipe (IFS) e do programa Minha Casa Minha Vida que impactarão na população sergipana.