“Acredito na realização dos eventos com segurança e responsabilidade", aposta Fabiano Oliveira

por Hivy Rafaella, Assessoria de Imprensa do Parlamentar — publicado 14/10/2021 15h40, última modificação 14/10/2021 15h47
“Acredito na realização dos eventos com segurança e responsabilidade", aposta Fabiano Oliveira

Foto: Assessoria Parlamentar

Em entrevista na última quarta-feira, 13, para o programa Nova Manhã, na rádio Nova Brasil FM, o vereador Fabiano Oliveira (PP) falou sobre o retorno dos eventos e a importância de continuar o trabalho de fiscalização para coibir as festas clandestinas.

 

“O saldo estava negativo para todo mundo que dependia do setor. Eu estou falando de uma cadeia gigante de pessoas que estavam paradas desde março do ano passado, quando a pandemia começou em Sergipe. A retomada é uma realidade! Acredito nos eventos respeitando os protocolos de segurança, os decretos e sendo organizados de forma responsável”, pontuou.

 

O parlamentar, que também é diretor regional da Associação Brasileira de Promotores de Eventos - Seccional Sergipe (Abrape/SE), reforçou que com a retomada das atividades o trabalho de fiscalização e orientação deve triplicar.

 

“Tivemos uma reunião a convite do presidente da Emsurb, Luiz Roberto, com vários organizadores de eventos, feiras, congressos, para organizar os pedidos e protocolos de realização de eventos para que o retorno seja o mais tranquilo possível. O que estava acontecendo era a solicitação para datas muito próximas no mesmo local e aí não adianta sair da pandemia com saúde e empresarialmente um começar a atropelar o outro. A reunião foi saudável e muito produtiva! Agora vamos trabalhar com os pés no chão, seguindo todos os protocolos para poder realizar um evento com tranquilidade e responsabilidade. É assim que deve ser!”, pontuou.

 

“O trabalho de fiscalização e combate à clandestinidade vai continuar e também pode ter a contribuição da população. A denúncia é muito importante para evitar que eventos dessa natureza ganhem força. E a partir de novembro começa outro desafio: permitir a entrada nos eventos apenas de pessoas imunizadas com as duas doses. Vamos somar forças para que em 2022 o setor consiga recuperar todo prejuízo decorrente da pandemia!”, concluiu.